no

Kwik, desenvolva livros interativos para iPad e outros tablets usando o Photoshop!

Há alguma semanas conheci o Kwik, plugin desenvolvido para quem trabalha com Photoshop e desenvolve para iPad e outros tablets, com ele a tarefa de desenvolver um livro animado ou criar um livro simples se torna algo bem intuitivo e rápido.

O Kwik funciona em conjunto com o Corona SDK, no Kwik temos toda a parte de desenvolvimento, que acontece no Photoshop, com o projeto terminado a exportação é feita pelo Corona SDK que se encarrega de exportar o livro para diversos tablets que rodam os sistemas mais conhecidos como iOS e Android.

No site dos desenvolvedores existem dezenas de tutoriais em vídeo que explicam como utilizar o Kwik de diversas formas, criar animações, movimentos e interações utilizando apenas o Photoshop, algo que me surpreendeu pela facilidade visto que estamos usando um programa para edição de imagens.

Depois de conhecer o plugin descobri que os desenvolvedores são Brasileiros e vivem nos EUA, fiz uma pequena entrevista para saber um pouco mais sobre eles, a pequena entrevista vocês conferem logo abaixo.

tutoriaisphotoshop.net

TP – De onde veio a ideia de desenvolver um plugin para Photoshop focado na criação para iPad?

Tudo começou no final de 2010. Eu já tinha feito algumas apps usando o Corona SDK, inclusive tendo feito um plugin para Fireworks e Photoshop que exportava as coordenadas de cada elemento visual para Lua. Embora relativamente simples de usar, o SDK é voltado para programadores. Como o meu background é em design, eu queria algo que fosse direcionado a ilustradores e designers. Originalmente eu pensei fazer do Photoshop uma interface para criação de aplicações e games. Porém, seria um projeto louco de grande e sem um público alvo definido (programadores não usam Photoshop e designers não tem todo o conceito de desenvolvimento). Depois de ler que a maioria das apps mais vendidas (tirando jogos) eram livros interativos, veio o “clique” – a ferramenta seria primariamente voltada aos ilustradores, designers e, quem sabe, agências de publicidade.

TP – Fale um pouco mais sobre a Kwiksher.

O nome tinha conter alguns elementos básicos: tinha que ser curto, relacionado a velocidade e transformação. Daí o nome Kwik (nome do produto). Infelizmente, o domínio não estava disponível.

Kwiksher (nome da empresa), é a nossa aposta futura em tornar-nos um “publiSHER” para designers que não queiram lidar com a complexidade de instalar SDKs, criarem perfis na App Store e gerenciarem a relação de desenvolvedor com a Apple.

Basicamente, pretendemos oferecer a opção de “crie tua app internamente, faça o upload para o nosso site, pague pelo serviço, e nós publicamos tua app nas lojas da Apple, Android e, futuramente, Barnes and Nobles”.

Atualmente somos uma pequena empresa com 4 funcionários, situada no sul da Flórida.

TP – Comparado ao método tradicional de criação de livros animados para iPad quais as vantagens que um profissional da área de criação teria?

No método tradicional, embora algumas posições sejam realizadas por uma mesma pessoa, são necessárias várias pessoas para se fazer algo legal: autor, ilustrador, designer e programador, sendo este último fundamental para transformar as composições do Photoshop em animações e em código. O que notamos é que muitas vezes o ilustrador é o autor e também o designer do projeto, ficando muitas vezes com ideias bem legais somente no papel, porque não conhece como programar ou não tem recursos para contratar um programador. Com Kwik, eliminamos esta barreira. Um profissional criativo tem a liberdade total desde a criação até o desenvolvimento de seus projetos.

TP – Apesar de ser bem recente quais são os planos futuros para o Kwik?

Esta semana lançamos uma versão nova, contendo uma série de recursos pedidos por nossos usuários, dentre eles: vídeo, mais controle de áudio, link to sites externos, mais recursos de animação, etc (veja mais em http://youtube.com/kwiksher). Assim que liberarmos esta versão, vamos publicar o roadmap do que vem mais pela frente.

TP – Como anda o mercado editorial e desenvolvimento de livros para iPad nos Estados Unidos?

Na verdade te diria que está na sua infância ainda, porém em franca expansão.

Somente agora grandes players como a Adobe estão entrando no jogo (Digital Publishing Services). Como mencionei acima, já existem pesquisas que mostram que as apps mais lucrativas (tirando games) são livros/revistas interativos (muitos deles com recursos de compra a partir da própria app – in-app purchase). Além disso, as agências de propaganda e publicidade começam agora a ampliarem suas campanhas para dispositivos móveis. Outro dado interessante é a quantidade de Nook Colors vendidos (full Android tablet com o preço de US$250). A loja da B&N acabou de ser inaugurada e aceita somente games e livros interativos.

Curtiu? o Kwik custa US$ 49,99 no site da Kwiksher, visite o site para conhecer!

Escrito por André Sugai

Publicitário, Photoshopista, criador do Tutoriais Photoshop, venceu o prêmio iBest na categoria tecnologia em 2008 e dois prêmios de criatividade da Adobe. Ex-colaborador do Tech Tudo (http://Globo.com), iMasters (UOL) e Revista Photoshop Creative.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + 17 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Inspiração, Cartazes de Rock: Clutch.

De(ath)sign – Jotapegadinha do Mallandro.