no , ,

Fontes Serifadas e Sem Serifas em Logos Famosos

Sua escolha do tipo de letra pode ter um impacto significativo na aparência de um logotipo, além de ajudar a definir a personalidade da marca em questão. E no final só há duas opções: serif ou sans-serif, ou em bom português fontes serifadas e sem serifas.

Nos últimos 15 anos mais ou menos, os tipos de letra sem serifa dominaram muitos setores de marcas famosas, proporcionando um estilo arrojado, no-nonsense, limpo e minimalista. Um excesso de grandes corporações se tornou “sans” indo da Gap ao Google – embora o primeiro famoso tenha voltado a usado seu antecessor serifado em face da crítica mundial.

Isto é em parte por razões estéticas, mas também em parte por razões práticas. Até muito recentemente, as serifas eram difíceis de renderizar em tamanhos pequenos de telas digitais, e a legibilidade sofrida gerava um impacto negativo sobre este tipo de tipografia.

Com a proliferação de telas de retina, isso se torna menos preocupante e as marcas podem tomar decisões tipográficas em um campo de jogo mais equilibrado. E para certas marcas, a herança e a confiança de uma serifa estão se tornando cada vez mais convidativas.

Abaixo vocês conferem uma série de marcas que escolheram entre variar entre suas fontes serifadas e sem serifa ao longo do tempo.

tutoriais photoshop

tutoriais photoshop

tutoriais photoshop

tutoriais photoshop

tutoriais photoshop

tutoriais photoshop

tutoriais photoshop

tutoriais photoshop

Escrito por André Sugai

Publicitário, Photoshopista, criador do Tutoriais Photoshop, ex-colaborador do Tech Tudo (http://Globo.com), iMasters (UOL) e Revista Photoshop Creative.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 2 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Documentário: Agricultura Tamanho Família

SAGA e Blizzard promovem evento gratuito em Belo Horizonte para comemorar aniversário de Overwatch