no ,

Fotos que abalaram o mundo: O jovem protestante.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Hector Pieterson (1964 – 16 junho 1976) tornou-se a imagem icônica do apartheid, em 1976 uma revolta em Soweto, África do Sul foi registrada pelo fotógrafo Sam Nzima durante um protesto de estudantes onde a polícia abriu fogo contra o grupo de jovens, na foto podemos ver o jovem Hector de apenas 12 anos sendo carregado, já morto, o Apartheid (“vida separada”) é uma palavra de origem africana, adotada legalmente em 1948 na África do Sul para designar um regime segundo o qual os brancos detinham o poder e os povos restantes eram obrigados a viver separadamente, de acordo com regras que os impediam de ser verdadeiros cidadãos. Este regime foi abolido por Frederik de Klerk em 1990 e, finalmente em 1994 eleições livres foram realizadas no país, a imagem do garoto sendo carregado morto virou um símbolo da resistência à brutalidade do governo do Apartheid e hoje, a data do protesto, 16 de junho ficou conhecida como a Data Nacional da Juventude e todos os anos os jovens Sul-Africanos chama a atenção do governo para suas necessidades.

Escrito por André Sugai

Publicitário, Photoshopista, criador do Tutoriais Photoshop, ex-colaborador do Tech Tudo (http://Globo.com), iMasters (UOL) e Revista Photoshop Creative.

Um comentário

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − dezessete =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Inspiração, Cartazes de Rock: The Donnas.

Graffiti Reverso.