A arte do não natural - Conheça os trabalhos de Jason DeMarte

COMPARTILHE:

Quando ele era criança, Jason DeMarte gostava de visitar museus de história natural para ver os dioramas cheios de vida selvagem, taxidermia e plantas cuidadosamente posicionadas. Como adulto, ele determinou que essas cenas visam mais capturar a imaginação do que documentar a realidade. E enquanto os motivos dos designers do diorama podem ser puros, há um lado mais escuro.



Quando ele era criança, Jason DeMarte gostava de visitar museus de história natural para ver os dioramas cheios de vida selvagem, taxidermia e plantas cuidadosamente posicionadas. Como adulto, ele determinou que essas cenas visam mais capturar a imaginação do que documentar a realidade. E enquanto os motivos dos designers do diorama podem ser puros, há um lado mais escuro.

DeMarte viu uma correlação entre os "trechos perfeitos da natureza" dos museus e a fotografia de produtos do tipo que ele havia feito para a Toys 'R' Us pagar as contas enquanto ganhava um MFA em fotografia. Essa experiência de criar imagens perfeitas de mercadorias exemplificou o papel da fotografia em cultivar o desejo do consumidor pela falsa perfeição através da manipulação e boa iluminação.
“Comecei a pensar sobre a natureza de uma maneira diferente, como uma commodity, como forma de empacotar, promover e vender um objeto comercializável”, diz DeMarte.
A desconexão entre as percepções fabricadas da natureza e a realidade imperfeita tem sido o foco artístico de DeMarte desde então. Seu trabalho é um comentário sobre o artifício subjacente ao nosso conceito de mundo, bem como nosso desejo constante de algo "melhor". "Estou pensando em como manipulamos a natureza para atender ao nosso desejo estético", diz ele. “Eu tenho estudado botânica e como nós manipulamos plantas para atender uma certa necessidade, seja para maçãs maiores ou mais brilhantes ou para diferentes cores de flores.”




Os projetos gêmeos de DeMarte, Confected and Adorned, oferecem quadros românticos povoados por pássaros, insetos e flores impossivelmente perfeitos, todos prosperando em harmonia bucólica sob chuveiros suaves de deleites açucarados. Na realidade, os trabalhos são composições digitais da fotografia de DeMarte, cada elemento visual meticulosamente editado em uma exibição de natureza estranha.

"Estamos adornando tudo", observa ele. “Estamos tornando tudo muito mais extravagante do que seria em seu estado natural. Quer se trate de doces ou peônias, estamos fazendo em tudo ”, diz ele. "Quando você vai a um jardim ou quando está sentado em seu gramado, você não entende que nada disso é natural", continua ele. "Tudo isso foi manipulado por nós." Ele vê uma relação conceitual com o doce: "É essa coisa de aparência inocente, mas tem essa manipulação insidiosa por trás disso".

Os pássaros e borboletas são espécies que hoje só existem em coabitação com as pessoas. As flores foram cruzadas à perfeição por gerações de botânicos. DeMarte cresce ou encontra tudo perto de sua casa em Michigan, mas mesmo esses espécimes de origem local são, de alguma forma, o produto da intervenção humana, seja por acidente ou por geneticistas agrícolas e químicos de alimentos processados.





DeMarte explora a comercialização da natureza pintando plantas e animais com tinta brilhante e usa o Adobe Photoshop CC para editar e compor suas fotos em cenários totalmente imaginários.
"Relaciona-se com o consumo e com o desejo de mais e com a perfeição e a beleza - todos esses ideais que temos nessa estrutura capitalista à qual nos envolvemos", diz ele. “Estou aplicando o mesmo tipo de estética à vida vegetal: o que sentimos que precisamos fazer para plantar a vida para que seja aceitável plantá-la na frente de nossa casa e cercá-la?”
Os insetos e pássaros de Adornados vivem em um mundo onde a manipulação da natureza pela humanidade foi longe demais, além do ponto de não retorno. Os céus tempestuosos percorrem a aproximação do clima extremo, as conseqüências não intencionais da arrogância tecnológica que infecta todos e tudo, até o DNA.





Apesar de sua arte examinar a divisão entre os conceitos retocados da natureza e a realidade irregular, DeMarte emprega as mesmas ferramentas usadas para produzir anúncios sofisticados e catálogos brilhantes. “A plataforma digital é metaforicamente adequada para fazer o trabalho, porque a capacidade de mudar as coisas em um nível de pixel emula a ideia de modificação genética - essa ideia de entrar lá e misturar as coisas”, diz ele.

DeMarte é tão prático quanto qualquer cientista. Na primavera, ele cultiva flores no quintal e as fotografa em seu estúdio no porão. Ele armazena alimentadores para atrair as aves durante a primavera, o verão e o outono, e depois fotografa com gatilhos remotos. Ele até cria insetos em sua garagem, às vezes auxiliado por seu filho. Um único inseto pode aparecer em várias obras como uma lagarta, um casulo ou crisálida e, finalmente, em toda a sua glória alada.

Soluços surgem ao longo do caminho, apesar do resultado final digitalmente aperfeiçoado. DeMarte ainda tem que coletar recortes de jardas em volta do bairro e comprar flores fora de época. Suas câmeras alimentadoras não conseguem capturar um pássaro inteiro em foco, então ele tem que reconstruí-las a partir de múltiplas exposições ou mesmo de fotografias de vários pássaros. O mundo natural local não é manso.
“As mariposas da seda são interessantes porque comem folhas de maçã de macieiras”, diz ele. "Eu subestimei o quanto eles iriam comer no verão que eu tinha e eu praticamente cortei toda a minha macieira tentando alimentá-los e mantê-los vivos."




Placid Propagation , a última peça da série Adorned, será lançada em março de 2019 na Art on Paper Fair. O trabalho foi encomendado para combinar com um design de papel de parede que DeMarte já havia preparado. O papel de parede, que ele mesmo imprime em seu espaço de armazenamento, é construído a partir de enormes folhas 88 "x144" que se repetem da esquerda para a direita.

À primeira vista, é fácil interpretar o trabalho de DeMarte como doces iguarias para seduzir os olhos famintos. Em um exame mais detalhado, entretanto, está claro que eles realmente servem de alimento para o pensamento.

COMENTÁRIOS

Nome

.ai,71,.asl,1,.eps,24,.indd,1,.jpg,20,.png,40,.psd,565,.sketch,2,.svg,7,2006,90,2007,352,2008,942,2009,1780,2010,1822,2011,1825,2012,1764,2013,240,2014,559,2015,1195,2016,518,2017,748,2018,700,2019,201,2axion,1,360,4,abril,378,abstrato,223,actions,140,adobe,32,adobe experience house,1,adobe max,1,agosto,500,ajax,1,allan portilho,1,animação,39,aritana,1,arte,27,artistas do photoshop,1079,axis,5,backgrounds,1,basekit,1,básico,68,benq,9,bethesda,4,bgs,88,bmx,1,booombox,2,brasilmegaarena,2,brushes,106,bug,1,bunker,1,campus party,1,capcom,1,cartazes de cinema,108,cartazes de rock,193,cinemark,1,codemasters,1,com2us,3,concurso cultural,1,css3,1,curta,6,de(ath)sign,236,designbunkertp,1,dezembro,642,dica ninja,99,dificuldade 1,38,dificuldade 2,385,dificuldade 3,941,dificuldade 4,332,dificuldade 5,56,distortions,4,divulgação,1,diy,32,dji,1,dlink,1,documentário,105,dollarphotoclub,37,download,1720,edição de vídeo,3,efeito,1066,esportes,11,fastcom,3,ferramentas online,1,fevereiro,492,filme,3,flipbook,1,flow motion,1,fontes,551,fotolia,13,fotoshistoricas,39,fotosqueabalaramomundo,75,gamebau,1,games,214,gamevil,1,gastore,1,gifart,27,gomidia,1,goPro,1,gradientes,7,greenk,1,guest post,5,historia da foto,22,hitbox,1,hopi-hari,1,hoplon,17,html5,3,hype,2,hyperlapse,5,hyperx,28,ícones,96,idc,2,imagem,1,infográfico,1,inspiração,34,janeiro,480,julho,445,junho,361,kingston,15,kinship,2,layer style,43,lbee,1,leitores,1,levelup,15,lightpainting,1,lista,2,live-stream,2,magic the gathering,1,maio,328,março,466,matéria,566,maurício de souza produções,1,melhordasemana,17,mestres da pintura,35,meutimao,1,mob2b,1,mockup,30,música,48,natal,1,novembro,698,off,1,off-topic,474,outubro,725,palestra,7,parkour,1,patern,46,pdf,2,pérolas do instagram,1,photoshop básico,1,Photoshop CC,2,photoshop express,1,photoshop week,1,pixel show,1,plugin,4,png,1,positivo,16,post pago,2,prezi,1,printi,2,project ten,2,psd,2,psdownloads,1,pshelp,1,pszuero,2,purgatorium 90,1,rawar,2,razer,36,responsivo,2,retoque de imagem,111,rixty,3,saga,11,selecaoTP,44,setembro,448,shapes,2,showreel,7,skate,59,skillab,1,smyowl,6,sony,1,speedart,3,speedpaint,8,splashscreen,1,stop-motion,9,tectoy,4,template,4,teste,1,texto,271,textura,137,tilt-shift,3,timelapse,21,tipografia,3,tp,2,tunning virtual,14,tutorial,2200,tutorial builder,2,tutorial player,2,ubisoft,69,udemy,1,ui,16,unboxing,1,vaio,1,vice,64,vídeo,668,vídeo aula,395,video mapping,3,wallpaper,1,warspear,1,web,25,webfont,1,wix,3,xma,5,
ltr
item
::Tutoriais Photoshop::: A arte do não natural - Conheça os trabalhos de Jason DeMarte
A arte do não natural - Conheça os trabalhos de Jason DeMarte
Quando ele era criança, Jason DeMarte gostava de visitar museus de história natural para ver os dioramas cheios de vida selvagem, taxidermia e plantas cuidadosamente posicionadas. Como adulto, ele determinou que essas cenas visam mais capturar a imaginação do que documentar a realidade. E enquanto os motivos dos designers do diorama podem ser puros, há um lado mais escuro.
https://www.andresugai.org/Materias/deMarte/imagem1.jpg
::Tutoriais Photoshop::
https://www.tutoriaisphotoshop.net/2019/02/a-arte-do-nao-natural-conheca-os-trabalhos-de-jason-demarte.html
https://www.tutoriaisphotoshop.net/
https://www.tutoriaisphotoshop.net/
https://www.tutoriaisphotoshop.net/2019/02/a-arte-do-nao-natural-conheca-os-trabalhos-de-jason-demarte.html
true
34833248
UTF-8
Ver todos os Posts Não encontramos nenhum post VEJA TODOS Leia Mais Responder Cancelar Resposta Deletar Por Home PÁGINAS POSTS Veja Todos RECOMENDAMOS TAMBÉM LABEL ARQUIVO SEARCH TODOS OS POSTS Não encontramos nenhum post relacionado com sua busca Voltar para a Home Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copie todo código Selecione todo código Todos os códigos copiados para o clipboard Não foi possível copiar todo código / textos, pro favor pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar